domingo, 27 de novembro de 2011

Novas Músicas, Novos vídeos. . . (3)

Papo e Arte (16/11/2011)
Música Linha de Produção - Elly Aguiar e Isaías de Oliveira

Programa Plataforma (23/09/2009)



Novas Músicas, Novos vídeos. . . (2)

Música Causa: Elly Aguiar e Fabinho Silva

Novas Músicas, Novos vídeos. . . (1)

Como havia dito na postagem anterior, que aliás faz um bom tempo, andei nesses tempos muito cheio de trabalho, compilando canções, fazendo arrannjos, e trabalhando pra valer numa agenda regular aos finais de semana em igreja em vários locais, incluindo além do interior no nosso estado, coisa fora do estado também.
Sempre na companhia do meu bom velho Roxy afinado devidamente em DADGAD, e com meus irmãos OCIMAR e SAMUKA, fizemos muitas coisas, os vídeos que irei postar aqui, são de um programa bacana que fizemos na semana passada chamado Papo e Arte.

Música: Quando as Palavras. . .

http://youtu.be/NxptnJW-Otg

domingo, 3 de abril de 2011

DADGAD e Bons Resultados. . .

Tenho tocado numa formação de trio, e antes de começar a ensaiar com esse grupo de músicos (bateria e Baixo), um dos meus maiores receios era de não conseguir um resultado satisfatório em termos de peso, pelo fato de estar tocando violão (acoustic guitar).


Sou guitarrista, mas não queria, pra essas canções, a guitarra na frente, e também não queria afinar a guitarra elétrica em DADgad, toco coisas rápidas, afinar a guitarra em DADGAD me obrigaria a ter que alterar calibre de cordas, por que a afinação de DADgad requer calibres mais densos, definitivamente não estou à vontade em alterar a afinação convencional na minha guitarra elétrica, queria ouvir o violão mordendo, mas tinha medo de como isso ficaria dentro de um contexto com uma bateria agressiva e um contrabaixo rocando pra valer. . .


Mas a medida que começamos a ensaiar, fui me surpreendendo a cada canção, por que o violão tem soado muito bem, os harmônicos que são gerados apartir dos acordes (que toco) em DADGAD preenchem todo espaço da canção, sem a necessidade de me preocupar em agregar outros instrumentos, e isso tem sido tão legal que tenho inclusive, a possibilidade de incoporar partes de guitarra elétrica rock (com muita distorção) em trechos específicos da canção, muito mais como um recurso a sublinhar e evidenciar partes específicas, o difícil é tocar os 2 juntos, não tem sido fácil apesar de dominar as 2 afinações, por hora me enrolo, especificamente em partes, onde as trocas entre instrumentos são muito rápidas, mas estamos limpando isso com muito ensaio.


Em outras palavras consigo o resultado que pensava no DADGAD com o violão (acoustic guitar) na frente, e usando de quebra a guitarra (como um elemento surpresa) em partes que quero evidenciar. Estou feliz com o resultado, por que em baladas consigo um espectro fantástico nas aberturas de acordes maiores e menores com 6as e 7as. muitas 9as. e 4as e toda sofisticação e leveza para essa estética, enquanto as coisas mais densas consigo muito peso, mas um peso sem ter que pisar num pedal de distorção, um peso consistente, que vem das dobras de harmônicos naturais da baixa afinação , da combinação das 5as em (6D e 5A) e 8as de (6D e 4d), isso sem contar um intervalo de 2M que posso utilizar em praticamente todos os acordes maiores e menores, além de outros segredos de pontas e bordões que dão aquele brilho na canção. . . e lógico a possibilidade de usar uma guitarra elétrica junto fazendo apoios e empurrando rock n roll em pontos específicos.


Espero em breve ter algo bem legal pra colocar aqui pra vocês ouvirem, assistirem. . . enfim. . .


Abraço

EllyAguiar

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Davi Harsh - Grata Surpresa!

Vou apresentar algo que me deixou muito feliz, tenho ao longo dos tempos, sempre postado muitos vídeos aqui de músicos extraordinários sempre de caras que desempenham muito, especialmente na afinação de DADgad, mas esse me traz uma imensa satisfação, não só pelo fato do Davi Harsh ser um cristão confesso o que já seria muito, mas também é claro pela bela execução, e cuidado na performance.

As linhas abaixos colhi do seu próprio site - http://www.davidharsh.com/home.html

Welcome to the official website for David Harsh, a Christian singer/songwriter and worship leader from the Pacific Northwest. Whether you have been a long-time follower of his music ministry or are just discovering him, you are in for a treat! Known by many for his creative excellence, David continues break the mold with songs like "Four Limbs" where he plays 2 guitars at once, and "Receive Me" where he uses looping technology to stack and layer sound, literally creating a one man band. To read what people are saying about David’s ministry, please click here: http://www.davidharsh.com/reviews.html



Louvor e Adoração em DADgad

Pessoal, um leitor aqui do blog, o Renan Eler, me pediu indicações de material de música cristã, sei existem canções gravadas em DADgad, especialmente em inglês, mas não sei mensurar sobre material escrito, mas posso dizer que ando também procurando.
Tenho amigos morando nos Estados Unidos que estão de olho sobre esse tipo de materal de DADgad, e os deixei autorizados a comprarem o que aparecer, seja cristão ou não, a verdade é que infelizmente a afinação é ainda muito pouco explorada, é vista pela maioria dos músicos que a utilizam, apena como mais um recurso, por isso a escassez.
Fuçando a Net encontrei algumas coisas, que irei disponibilizado aos pouquinhos aqui no blog.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

T-Bone Walker - Dá-lhe Blues. . .

Os admiradores de SRV, vão perceber logo de onde parte da influência do Stevie Ray vem. . . T-bone é um dos gigantes do Blues, aqui ele ataca com uma Gibson acustica, no começo do vídeo ele faz uma graça tocando com a guitarra praticamente na posição de lapsteel, o cara era um doido.
Nesse vídeo T-Bone está acompanhado de uma bandinha bem modesta (rs) com: Dizzy Gillespie, Teddy Wilson, Louis Bellson, Clark Terry, Coleman Hawkins, Zoot Sims, Jimmy Moody, Benny Carter and Bob Cranshaw.
As canções são: "Woman, You Must Be Crazy" e "Goin' To Chicago Blues" ambas de Aaron Walker, e faz parte de uma apresentação com a Norman Granz "Jazz at the Philharmonic" Poplar Town Hall, UK Weds 30th November 1966 - para BBC TV
Espero que você curtam. . .

Pra galera ligada em equipo, o T-bone usava Guitarrras: (All Gibsons) ES-250 (1930s-1950s), ES-5 (1950s-1970s), ES-335 (early 1970s). T-Bone occasionally used a Gibson Barney Kessell model in the 1960s-1970s.

Amplificadores: Fender tweed 4x10 Bassman. In the late 30s and early 40s, T-Bone is reputed to have plugged into a Gibson EH-150.